Ganhe tempo! Aprenda a criar discos diferenciais no Hyper-V

Fala galera! Tudo bem?

Tempo é precioso, certo? Imagine que você precise subir várias máquinas virtuais em poucas horas. Hoje iremos aprender a criar discos diferenciais para facilitar nossa vida.

Mas antes, precisamos criar um modelo. Outra coisa que podemos fazer também, é instalar todos os softwares e fazer updates necessários para este modelo. Por fim, utilizaremos o sysprep para preparar o sistema.

Para o exemplo, irei criar uma máquina virtual de referencia (VM – Pai), onde instalarei o Windows Server 2016, nela executarei o sysprep. Depois vamos criar uma nova máquina virtual (VM – Filho) onde criaremos um disco diferencial tendo como disco pai, o que criamos na máquina virtual de referencia.

A ferramenta Preparação do Sistema (Sysprep) prepara uma instalação do Windows para duplicação, auditoria e envio ao cliente.

Obs:. Lembre-se que para fazermos os passos abaixo precisamos que a função do Hyper-V esteja instalada.

O primeiro passo é criar a máquina virtual de referência, que chamaremos de VM – Pai e um novo disco, que daremos o nome de Disco-Pai. Abra o Gerenciador do Hyper-V, em Actions, clique em New, em seguida Virtual Machine. (Figura 01)

Figura 01

Defina o nome da máquina virtual como VM – Pai e clique em Next. (Figura 02)

Figura 02

Mantenha a opção Generation 1 seleciona e clique em Next. (Figura 03)

Figura 03

Defina a quantidade de memória da máquina virtual e clique em Next. (Figura 04)

Figura 04

Não é preciso definir nenhuma conexão, apenas clique em Next. (Figura 05)

Figura 05

Agora vamos criar o disco pai, faça igual o exemplo abaixo e clique em Next. (Figura 06)

Figura 06

Escolhe a ISO para instalação, no meu caso utilizei o Windows Server 2016. Esse processo pode ser feito com qualquer outra versão. Feito isso, clique em Next. (Figura 07)

Figura 07

Por fim é mostrado um resumo do que foi realizado. Clique em Finish. (Figura 08).

Figura 08

Com a máquina virtual e o disco configurados, vamos iniciar e fazer a instalação do sistema operacional. Para iniciar, dê um clique duplo sobre a máquina virtual. Será aberto a janela Virtual Machine Connection, em seguida clique no ícone para iniciar. (Figura 09)

Figura 09

Escolha o idioma correto e clique em Next. (Figura 10).

Figura 10

Neste momento, será solicitado a escolha da versão, no meu caso escolhi a Standard. Em seguida, clique em Next. (Figura 11)

Figura 11

Aceite os termos de licenciamento e clique em Next. (Figura 12)

Figura 12

No tipo de instalação, selecione a segunda opção – Custom: Install Windows only (advanced). (Figura 13)

Figura 13

Selecione o disco de instalação e clique Next. (Figura 14)

Figura 14

Iniciada a instalação, aguarde todo o processo. (Figura 15)

Figura 15

Após o termino do processo de instalação, será solicitado algumas configurações, como definição de senha para o usuário administrador. Com o sistema operacional pronto, faça a instalação dos softwares, atualizações necessários. Por fim, faça uma limpeza de disco para evitar o acumulo de “sujeira”. (Figura 16)

Figura 16

Terminada as configurações, vamos executar o sysprep para preparar o sistema. O sysprep fica localizado na seguinte estrutura: C:\Windows\System32\Sysprep\sysprep.exe. Ao executar uma janela parecida com a abaixo será carregada. Escolha as seguintes opções: Enter System Out-of-Box Experience (OOBE), marque a opção Generalize e em Shutdown Options, escolha Shutdown. Clique em OK. (Figura 17)

Figura 17

Abaixo podemos ver o processo de execução do Sysprep. Após isso, a máquina virtual será desligada. (Figura 18)

Figura 18

Termina o processo com a máquina virtual de referência, agora vamos fazer um exemplo abaixo a criação de uma nova máquina virtual para podermos utilizar o recurso de disco diferencial. Crie uma nova máquina virtual e dê o nome de VM – Filho. Volte no inicio deste artigo e faça os mesmos passos até chegar no momento da criação do disco. (Figura 19)

Figura 19

Ao chegar neste ponto, marque a última opção, onde não criaremos um disco para essa máquina virtual. Clique em Next. (Figura 20)

Figura 20

Finalize a criação, clicando em Finish. (Figura 21)

Figura 21

Na janela principal do Gerenciador do Hyper-V, escolha New – Hard Disk… Siga os passos abaixo. (Figura 22)

Figura 22

Este é o principal passo a ser realizado. Selecione a terceira opção (Differencing). Esta opção é utilizada para criamos o disco diferencial. Clique em Next. (Figura 23)

Figura 23

Defina o nome para o disco e clique em Next. (Figura 24)

Figura 24

Neste momento, coloque a localização exata do disco pai, o disco que criamos na máquina virtual de referência. Clique em Next. (Figura 25)

Figura 25

Finalize a criação. (Figura 26)

Figura 26

Clique com o botão direito na máquina virtual (VM – Filho) e escolha Settings. Vá até IDE Controller 1 e adicione um novo Hard Disk. Em Browse, localize o disco filho e clique em Apply. (Figura 27)

Figura 27

Inicia a máquina virtual (VM – Filho) e aguarde até que apareça a janela abaixo. Defina as configurações desejadas e clique em Next. (Figura 28)

Figura 28

Aceite os termos de licenciamento e clique em Next. (Figura 29)

Figura 29

Defina uma senha e confirme a mesma. Clique em Finish. (Figura 30)

Figura 30

E finalmente está pronta a máquina virtual. Basta fazer o logon e utilizar. (Figura 31)

Figura 31

Ufa! Chegamos ao final. Espero que tenha gostado.

Conclusão:

  • Economia de tempo com instalações e atualizações;
  • Deploy de novas máquinas virtuais de maneira fácil.

Não deixe de comentar, sugerir seu tema.

Até mais! 🙂

Rodrigo Felipe Betussi on EmailRodrigo Felipe Betussi on FacebookRodrigo Felipe Betussi on InstagramRodrigo Felipe Betussi on LinkedinRodrigo Felipe Betussi on Twitter
Rodrigo Felipe Betussi
Administrador de Sistemas em tecnologias Microsoft, Arcserve e Kaspersky na Visual Systems. Sou MCP (Microsoft Certified Professional). Formado em tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas no Instituto Federal de São Paulo. Amplo conhecimento em tecnologias de virtualização e sistemas de gerenciamento de backup Gosto muito de estudar novas tecnologias e fazer networking. Apaixonado por heavy metal, principalmente Iron Maiden! \o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *